domingo, 10 de julho de 2011

Foo Fighters - "Best Of You"

"Is someone getting the best of you?"



Grande, GRANDE concerto dos Foo Fighters na última 5ª Feira, no Optimus Alive.
A banda está provavelmente na fase de maior popularidade da sua carreira (Dave Grohl referiu-se a isso mesmo durante o concerto) e isto notou-se bem pelo entusiasmo que havia no Passeio Marítimo de Algés. Sempre que a banda "puxava" como um tema mais rápido ou com um dos clássicos, os níveis de adrenalina na audiência batiam nos limites. Os meus com certeza que batiam. Já há muito tempo que não sentia este tipo de adrenalina colectiva num concerto.

Os Foo Fighters surpreenderam-me pela positiva a quase todos os níveis. Só foi pena que, no meio das 2 horas e meia de concerto, tenha havido demasiados temas mais lentos e/ou desconhecidos, em detrimento de algumas malhas que ficaram por tocar (não muitas, felizmente). Talvez isso tenha servido para deixar a banda recuperar o fôlego.

Para mim, este foi um concerto que deixou várias marcas: começando pela enorme dor de costas, passando pelo pescoço que mal se mexe, a voz que rebentou por completo... e uma enorme sensação de prazer. Estranho? Talvez, mas é isto mesmo que é um concerto Rock e os Foo Fighters surpreenderam-me ao mostrarem que sabem fazê-lo como poucos.

Depois do tema "Walk" do novo álbum, Dave Grohl deu o mote para o que deve ser uma banda de Rock e um concerto Rock (a partir do segundo 4:20):



"Ladies and gentlemen, Foo Fighters are a Rock N' Roll band... We don't need fuckin' computers, ok?
We made this record in my fuckin' garage, with a fuckin' tape machine!
Everything you hear tonight, right now, is the fuckin' Foo Fighters, ok?
So if you gonna see a Rock N' Roll band and you think there is a fuckin' computer on stage, just remember this...
Rock N' Roll is all about people and instruments and not fuckin' computers, ok?"

Lapidar.

Já durante toda a década de 70, os Queen (uns dos heróis dos Foo Fighters) orgulhavam-se de fazer música apenas com guitarras, baixo, piano e bateria, colocando sempre nos seus álbuns o dístico: "No synths!".
40 anos depois, os Foo Fighters mostram qual é a sua escola e qual é o caminho que escolheram percorrer... e que grande e acertada escolha eles fizeram.

O momento mais emocionante da noite chegou com este fabuloso "Best Of You" e um coro de mais de 40 mil pessoas a cantar:

"ooooh,oh,oh ooooh,oh,oh"

"Best Of You" foi o single de avanço do álbum "In Your Honor" de 2005, o álbum pelo qual Dave Grohl espera que os Foo Fighters sejam relembrados. É um dos mais profundos temas da banda, que fala sobre o drama de ter o coração preso a alguém que não o merece, nem faz para o merecer...

"I’ve got another confession to make: I’m your fool"


Há uma semana, disse aqui que não era "propriamente um fã dos Foo Fighters". Depois de um concerto eufemisticamente memorável, o mínimo que hoje posso dizer é que os Foo Fighters ganharam pelo menos mais um fã: eu.

5 comentários:

  1. Entre outras, "Rope" a segunda do «Wasting Light» - grande, GRANDE malha.

    Emoção ao lembrar-me de Dave Grohl revelar que o irmão, que faleceu de causa oncológica, ouvia repetidamente o "Best of You" antes de vir a falecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me lembro do Dave contar essa história no concerto!

      O "Wasting Light" é um bom álbum, mas para mim perde em comparação com, por exemplo, o "One By One", que é o meu preferido dos Foo Fighters.
      Para mim, os pontos altos do WL são o "Bridge Burning", o "Walk", mas PRINCIPALMENTE... o "I Should Have Known"!! :)

      Curte-me este vídeo do "Bridge Burning": http://vimeo.com/24757253
      Parece que vai buscar um bocado daquele surrealismo Lynchiano do vídeo do "Black Hole Sun" ;)

      Eliminar
    2. Ah, já me esquecia... Bem vindo ao meu modesto tasco! Que seja o primeiro de muitos comentários! :)

      Eliminar
  2. Ele não fez essa revelação no concerto - vi isso num documentário, creio.

    O teu "modesto tasco" é excelente, e só sou estreante nos comentários - já tenho visto outras coisas. Muitos parabéns.

    ResponderEliminar

Let the music do the talking.