terça-feira, 23 de novembro de 2010

Nirvana - "Pennyroyal Tea"

“Sit and drink Pennyroyal tea, distill the life that’s inside of me”



Confesso que não sou um fã dos Nirvana. Longe disso.
Mas não posso negar o impacto que a morte de Kurt Cobain teve na cena musical e na influência que os Nirvana tiveram na cultura alternativa dos anos 90. O crescimento da legião de fãs dos Nirvana foi obviamente impulsionado pelas características trágicas da morte de Cobain, mas para além disso, é impossível negar que ele tinha realmente talento e que a sua carreira teve momentos musicalmente muito bons. O tema "Pennyroyal Tea" é certamente um deles.

"Pennyroyal Tea" seria supostamente o 3º single do retirado do álbum "In Utero", com lançamento previsto para Abril de 1994. Na sequência da morte de Kurt Cobain nesse mesmo mês, o lançamento do single foi cancelado, já depois do início da sua prensagem.

Mas afinal, o que é que é exactamente este "chá pennyroyal" e o que é significa o tema?


O "pennyroyal" é uma erva verdadeira, amplamente conhecida em Portugal, nada menos que o "poejo". O poejo é habitualmente usado no tratamento de gripes e constipações, mas por extracção do seu óleo essencial, é produzido um chá que pode ser usado para fins abortivos. Exacto... Era aqui que Kurt Cobain queria chegar ("distill the life that’s inside of me").

Segundo o próprio, "Pennyroyal Tea" é sobre alguém que está sob um estado de depressão grave, o que era frequente em Kurt... Pese embora eu não me identifique com o espírito dos Nirvana, maioritariamente neste registo de "o Mundo é um lugar horrível, quero sair daqui", "Pennyroyal Tea" é um exemplo de como este tipo de sentimentos pode originar boa música.

2 comentários:

  1. Muito bom, não fazia ideia que Pennyroyal era poejo, nem que o mesmo era utilizado para fins abortivos. Parabéns excelente Blog


    http://sonsnovento.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Let the music do the talking.